quinta-feira, 2 de julho de 2015

Adquirindo novos hábitos, um passinho de cada vez!

Como dizia o Pabbie, curandeiro troll do filme Frozen: "a cabeça é fácil de convencer, mas o coração não pode ser mudado com facilidade". 

Temos consciência de que precisamos mudar, seja no lar, cuidando melhor da nossa casa, seja como pais e mães dedicando mais tempo aos nossos filhos além de deixá-los sentados por várias horas em frente à televisão, seja cuidando mais da saúde alimentando-se de forma saudável ou em qualquer outra área de nossa vida que possamos pensar como trabalho, estudos, relacionamentos. Na cabeça é fácil e claro, sabemos o que precisamos fazer, mas acabamos arranjando desculpas para procrastinar a realização de muitas dessas atividades, vamos adiando sempre para um dia que nunca chega.

Motivos nós temos de monte, não é mesmo? Mas no fim das contas, quantos deles não passam de pura desculpa e no fundo sabemos que não são grandes dificuldades, mas sim pequenos obstáculos que facilmente podem ser superados?

A verdade é que criamos grandes expectativas sobre tudo que queremos realizar, pensamos grande e sabemos que grandiosidade demanda trabalho. Que tal invertermos essa situação? Que tal sermos mais generosas com nós mesmas? Mais pacientes?  Não se trata de diminuir expectativas e sim de melhor planejamento, aumentar o prazo, porque normalmente queremos toda a mudança de uma hora para outra, como um passe de mágica, mas, por mais que sejamos super-mulheres, ainda não desenvolvemos poderes sobrenaturais (não comprovadamente pelo menos, rs).

Comece aos poucos, defina pequenas prioridades e contemple, se ame e ame o que você consegue fazer nesse momento, o que está ao seu alcance, amar o que você pode fazer agora te transforma por dentro de um jeito que te faz ter prazer em fazer sempre um pouquinho mais.

Viva menos nas expectativas alheias e faça o que planeja fazer, por você e as consequências se espalharão para todos ao seu redor, pode demorar um pouco mais do que você gostaria mas eles irão notar, com certeza, que algo está acontecendo. Às vezes o que parece pouco para outros é uma grande conquista para nós, e se quem está fazendo somos nós, para nós mesmas, é isso o que importa.

Quando algo ou alguém chegar para desanimar lembre-se do que já conseguiu e o porque você está fazendo isso.

No mais, saiba que é necessário repetir por vários dias seguidos uma tarefa para que ela se torne um hábito e entre no seu 'piloto automático', de 20 a 180 dias de acordo com o grau de dificuldade do hábito que se pretende adquirir. Deixar de praticar um hábito já adquirido por mais de 20 dias também faz com que seja necessário reiniciar o processo para que a mente e o corpo volte a assimilá-lo.

Então tenha paciência e persistência, leia histórias de sucesso e saiba que você pode ser mais uma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...